[ editar artigo]

Verão 2021: Argentina quer um boom de turistas brasileiros?

Verão 2021: Argentina quer um boom de turistas brasileiros?

Às vésperas do verão, a Argentina, destino queridinho dos brasileiros, reabriu suas fronteiras às atividades turísticas. O país está desenvolvendo ações promocionais para 2021 e, fundamentalmente, para conectividade aérea a fim de atrair um número maior de visitantes.

Para entrar na Argentina, os turistas precisam apresentar:

  • Um teste RT-PCR negativo feito até 72h antes do embarque;

  • Realizar outro teste assim que desembarcar no aeroporto. Caso dê positivo, o viajante precisará cumprir isolamento;

  • Uma declaração legal preenchida eletronicamente até 48h antes do embarque e o comprovante do seguro de saúde com cobertura para Covid-19. Viajantes acima de 70 anos ficam excluídos da obrigatoriedade de preencher o Termo de Compromisso de forma eletrônica.

De acordo com o Ministério do Interior do país, os pré-requisitos devem ser exigidos pelas companhias aéreas antes do embarque, sob risco de multa da empresa no caso de descumprimento.

Aumento na frequência de voos

No período pré-pandemia (durante os meses de janeiro e fevereiro), a Argentina recebeu quase 1,5 milhão de turistas brasileiros. Para aumentar esse número, o Instituto Nacional de Promoção Turística (Inprotur) anunciou, em live com a Embaixada da Argentina no Brasil, que a partir de 13 dezembro o número de voos para o Brasil passará de 25 a 39, graças ao trabalho conjunto do governo com as Aerolíneas Argentinas.

Neste mês, a Aerolíneas Argentinas irá aumentar os voos semanais de sete para 14  em São Paulo (dois voos diários), de dois para sete no Rio de Janeiro (um voo diário) e dois voos semanais (às quartas-feiras e aos sábados) para Salvador. As novas frequências se somam aos sete voos da Latam, cinco da Gol, três da Turkish e um da Ethiopian para Buenos Aires.   

É importante salientar que estão em operação o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini de Ezeiza (voos comerciais) e o Aeroporto Internacional San Fernando (exclusivamente para voos corporativos). Já o Aeroparque Jorge Newbery e o Aeroporto El Palomar continuam fechados.

Destinos abertos à visitação

No momento, os destinos que podem ser visitados são a cidade de Buenos Aires e a Área Metropolitana de Buenos Aires (AMBA). Para trafegar pela cidade, o turista pode contar com serviços de transfer privados e semiprivados, táxis, remis, aluguel de carro e outros meios de transporte digital.

Além disso, os visitantes podem realizar vários passeios e visitas guiadas ao ar livre, uma vez que todos os parques públicos, como o Jardim Japonês, o Ecoparque e o Jardim Botânico estão abertos.

Para quem quer ficar por dentro da cultura do país, museus, galerias de arte e teatros são uma ótima alternativa. Atualmente estão abertos com protocolo para visitas das salas e reserva prévia online.

Mas se você prefere ir às compras, o Shopping Malls: Alto Palermo, Patio Bullrich, Galerias Pacífico, Abasto Shopping, Unicenter Shopping e áreas comerciais da Rua Florida, Avenida Avellaneda, entre outras já estão recebendo os clientes. Mercado de San Telmo, mercados das pulgas e mercados gastronômicos, como Belgrano e Bonpland também não podem faltar no itinerário.

Quer levar um pedacinho da Argentina para casa? As feirinhas de artesanato (Plaza Francia, Feira de San Telmo, Parque Los Andes etc.) estão com tudo, funcionando das 10 às 20 horas. 

Restaurantes, churrascarias, pizzarias, bodegones, bares, cafés, e demais estabelecimentos gastronômicos ao ar livre ou no salão estão com limite de 25% de capacidade. Não esqueça de fazer o agendamento prévio.

A Argentina tem vários encantos e com o câmbio favorável, um “city tour” (seguindo os protocolos de segurança e saúde) para conhecer as principais atrações do destino não irá pesar no seu bolso. 

E você, já planejou sua viagem de férias à Argentina com uma agência de turismo? Deixe seu comentário!

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você