[ editar artigo]

Conheça o Programa de Turismo Sustentável One Planet

Conheça o Programa de Turismo Sustentável One Planet

No dia 5 de junho, o Programa de Turismo Sustentável One Planet, liderado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e coliderado pelos governos da França e da Espanha, anunciou sua nova visão global para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06).

O Programa tem como meta melhorar os impactos do setor de desenvolvimento sustentável até 2030, desenvolvendo, promovendo e ampliando práticas de consumo e produção sustentáveis ​​que aumentam o uso eficiente dos recursos naturais – produzindo menos resíduos e enfrentando os desafios das mudanças climáticas e da biodiversidade.

O “One Planet Vision para a Recuperação Responsável do Setor de Turismo” baseia-se nas Diretrizes Globais da OMT para reiniciar o setor, com o objetivo de emergir mais forte e mais sustentável após a crise da COVID-19.

Esse esforço ocorre no momento em que vários destinos ao redor do mundo começam a diminuir as restrições de viagens e mobilidade e o setor de turismo está se repaginando para retomar sua atividade. 

Para o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, a sustentabilidade não deve mais ser um nicho do turismo, mas, sim, a nova norma para todas as partes do setor. 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 

O One Planet Vision acredita que uma recuperação responsável para o setor de Turismo deve se basear na sustentabilidade, pois isso pode auxiliar o segmento em futuras crises.

Por isso, o programa apoiará o desenvolvimento e a implementação de planos de recuperação, que contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (na sigla em inglês, ODS) e para o Acordo de Paris.

Como os governos e o setor privado estão embarcando no caminho da recuperação, agora seria o momento certo de continuar avançando em direção a um modelo de turismo mais econômico, social e ambientalmente sustentável.

Além disso, o One Planet Vision para a Recuperação Responsável do Setor de Turismo está estruturado em seis linhas de ação de recuperação, entre elas: saúde pública, inclusão social, conservação da biodiversidade, ação climática, economia circular e governança e finanças.

Saúde Pública

 

A pandemia da COVID-19 mostrou a forte ligação entre turismo e saúde pública. O setor de Turismo tem sido comprovadamente útil, colocando sua infraestrutura, cadeias de suprimentos à disposição de funcionários da serviço de saúde pública e humanitária. Criar sinergias duradouras entre saúde pública e turismo é um investimento em preparação para eventuais crises, aumentando a confiança das pessoas no setor.

Por exemplo, conectar higiene e sustentabilidade com orientação e protocolos personalizados nas operações de turismo para a retomada do setor com segurança, refletindo os resultados de colaboração entre as partes interessadas, comunidade científica e autoridade de saúde é um dos princípios do Programa de Turismo Sustentável One Planet.

Inclusão Social

 

A crise da COVID-19 afetou consideravelmente o turismo. Pequenas e médias empresas, que representam cerca de 80% do setor, têm capitalizado práticas para redirecionar os investimentos como forma de apoio às comunidades locais.

Muitos empregos no turismo representam a principal fonte de renda de comunidades locais e meios de subsistência da população rural, grupos indígenas e outros grupos vulneráveis, incluindo os da economia informal. Esse apoiodirecionado pode permitir uma recuperação mais inclusiva.

Conservação da biodiversidade

Outro ponto que merece destaque é o aumento da conscientização sobre a importância de um ambiente saudável como uma barreira natural caso ocorram futuras pandemias, uma vez que os seres humanos e a natureza fazem parte de um sistema interconectado. 

Um ambiente saudável também está diretamente conectado à competitividade do setor de Turismo e em muitos destinos, os esforços de conservação dependem em grande parte das receitas geradas pelo segmento. 

Enquanto a redução de atividade econômica durante a COVID-19 de certa forma reduziu as pressões sobre o ambiente, existem muitos destinos onde a conservação dos recursos marinhos, ecossistemas terrestres, áreas protegidas e espécies são dependentes em grande parte da receita gerada pelo turismo.

Por isso, investir em soluções baseadas na conservação da natureza tem potencial para impulsionar a inovação no turismo em direção à sustentabilidade e, além de mitigar os impactos ao meio ambiente, a atividade turística pode  gerar uma melhor gestão de recursos naturais e aumentar a demanda por destinos Low Profile (opções turísticas pouco chamativas).

Ação climática

 

Neste período de pandemia, as emissões globais de CO2 diminuíram em 8% – demonstrando que é possível adequar as formas de consumo em prol do meio ambiente.

Apoiar o engajamento do setor de Turismo em adaptação à mudança climática e diminuição da emissão de carbono por meio de recursos naturais e tecnológicos é fundamental para conservar os ecossistemas e tornar a atividade mais sustentável.

Economia circular

A crise da COVID-19 também aumentou a conscientização sobre a importância das cadeias de suprimentos locais, fazendo com que a população repense como bens e serviços são produzidos e consumidos, ambos elementos-chave de uma economia circular.

Integrando circularidade e avançando ainda mais na eficiência de recursos, a cadeia de valor pode representar uma oportunidade para o setor de Turismo adotar um caminho de crescimento sustentável e resiliente.

Com a integração dos processos de economia circular no setor de Turismo, os novos modelos de negócios sustentáveis podem adicionar  valor para os clientes e a economia local em desenvolvimento.

Governança e finanças

O intercâmbio de informações em todos os níveis de governo nacional e internacional juntamente com o setor privado é crucial para a tomada de decisão e gerenciamento da pandemia. 

Aproveitar as lições aprendidas será importante para implementar planos de recuperação mais eficazes a fim de aprimorar a resiliência global.

Parcerias e gerenciamento de destinos mais inclusivos e inteligentes podem liderar o caminho para a sustentabilidade desempenhar um papel central na recuperação do turismo!

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você