[ editar artigo]

Sarampo em alta: tome a vacina antes de viajar

O Brasil tem atualmente 16 estados com surto ativo de sarampo. Os últimos três a entrarem na lista foram Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, segundo apontamento do Ministério da Saúde.

Um boletim recentemente divulgado pelo órgão revela que existe a notificação de 24.011 casos suspeitos no país. Desse total, 17.713 (73%) estão em investigação e 2.957 (12,3%), enquanto, nos últimos 90 dias, 3.339 casos foram confirmados.

Embora ainda não seja uma exigência para viajar, é recomendável que turistas de lazer e viajantes corporativos tomem a vacina gratuita contra o sarampo. Vale lembrar que a doença é transmissível.

Antes de viajar para áreas de risco, turistas e viajantes precisam localizar a carteira de vacinação para renovar, caso necessário, a vacinação contra o sarampo, com até 15 dias de antecedência de partida. Além disso, é preciso incluir o cartão de vacinação entre os documentos da viagem.

A maior parte dos casos confirmados foi em São Paulo, com 3.254 (97,5%). A capital, bem como cidades metropolitanas, são o polo do turismo de negócios do país, além de ser uma opção para quem viaja a lazer.

Os demais estados são: Pernambuco (13), Minas Gerais (13), Santa Catarina (12), Paraná (7), Rio Grande do Sul (7), Maranhão (3), Goiás (3), Distrito Federal (3), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Bahia (1) e Sergipe (1).

Por isso, para quem viaja com crianças, o alerta é válido para os pais. Os pequenos são mais suscetíveis às complicações e óbitos por sarampo, segundo o Ministério da Saúde. Como resultado, a instituição aponta que a incidência de casos em menores de um ano é nove vezes maiores em relação à população geral.

Campanha contra o sarampo

O Ministério da Saúde, juntamente com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, realizará a Campanha Nacional de Vacinação contra a o Sarampo. A ação é uma estratégia para interromper a circulação do vírus do sarampo no país e será feita de forma seletiva, ocorrendo em duas etapas.

Leia também:
Você sabia que é possível renovar seu visto para os EUA sem fazer entrevista?

No período de 7 a 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças de seis meses a menores de cinco anos. O dia D – dia de mobilização nacional - acontecerá em 19 de outubro. Já a segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, o foco é a população de 20 a 29 anos. O dia D ocorrerá em 30 de novembro.

E no mundo?

Dos 194 países signatários do Regulamento Sanitário Internacional, 182 reportaram casos confirmados de sarampo. A Europa (53 países) e o Sudeste Asiático (11 países) apresentaram casos em todos os seus países.

Até agosto, foram registrados cerca de 90 mil casos no continente europeu. Esse número supera, portanto, a quantidade identificada em todo o ano de 2018 (84.462). Quatro países do continente perderam o certificado de eliminação da doença, dentre eles Albânia, República Tcheca, Grécia e Reino Unido.

Em 2019, a região das Américas registrou 3.328 casos confirmados de sarampo em 14 países. Os Estados Unidos apresentaram 1.241 casos confirmados em 28 estados e, por fim, podem perder o certificado de eliminação do sarampo, aponta o Ministério de Saúde.

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você