[ editar artigo]

Turismo responsável na Reserva Mata Atlântica pode ser realidade

No último sábado (20), ocorreu a Inauguração do Restaurante Valle Porto, nova operação do núcleo de turismo da holding Higi Serv, em parceria com o Hotel Camboa de Antonina. A cerimônia aconteceu durante o Encontro Grande Reserva Mata Atlântica, que reuniu mais de 150 autoridades e empresários para discutir o fomento do turismo na região, que abrange os Estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

O evento, organizado pela Paraná Turismo em parceria com a Serra Verde Express e a BWT Operadora, abordou assuntos pertinentes à Reserva da Mata Atlântica, que tem aproximadamente um milhão de hectares de áreas naturais não fragmentadas, conectando unidades de conservação já existentes e promovendo iniciativas direcionadas à preservação do patrimônio natural e cultural da região da Serra do Mar.

“Há tanto tempo não vemos um evento de turismo assim. Nós estamos com a bola na porta do gol. E, hoje estamos fazendo um gol. O turismo está começando a ser desenvolvido como nós queríamos”, comenta João Jacob, presidente da Paraná Turismo.

Todo o conjunto da Mata Atlântica foi declarado em 1989 Sítio do Patrimônio Natural Mundial e, em 1991, Reserva da Biosfera da Mata Atlântica pela Unesco. De acordo com o governador do Paraná em exercício, Darci Piana, o encontro revelou o grande potencial da reserva, passo inicial para o fomento do turismo na região.

“Este evento é o início de um grande processo no turismo. O turismo traz novos empregos, relacionamento humano e geração de renda. Estamos dando o primeiro pontapé", diz o governador do Paraná em exercício.

Para Clóvis Borges, diretor executivo da SPVS, a Reserva da Mata Atlântica deixará de ter projetos isolados. “Focamos no desenvolvimento econômico a partir da conservação. Não perdemos para nenhum lugar do mundo com nossos atrativos da natureza. Estamos no caminho, mas precisamos oferecer boa infraestrutura”, ressalta Borges.

O encontro é um marco para a promoção e desenvolvimento do turismo como atividade econômica por meio do turismo responsável, que propõe o conhecimento e a visitação para conservação e preservação, assim, garantindo emprego e renda para a população local e proporcionando a manutenção das unidades de conservação.

“O turismo sempre nasce de um ícone, mas não adianta nada ter o melhor ícone do mundo se não tiver as ferramentas da infraestrutura. Nosso ícone é entender a Grande Reserva da Mata Atlântica com responsabilidade, comprometimento e foco em negócios”, diz o presidente da holding Higi Serv, Adonai Aires Arruda.

Durante o evento, foram apresentados o fomento a comercialização e desenvolvimento de roteiros e destinos como o Vale dos Gigantes no Paraná, a Rota do Lagamar entre São Paulo e Paraná e a Rota Porto a Porto entre Paraná e Santa Catarina.

“O setor do turismo é tão importante. E, este momento é histórico no segmento. Nós entendemos que o turismo ligado aos negócios da natureza vai crescer muito. Precisamos discutir metodologia e caminhos para encontrarmos os melhores caminhos dentro do conceito sustentabilidade. Este é o momento de um nascimento de uma história”, diz o Secretário do Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná, Márcio Nunes.

Na ocasião do evento, foi assinado um protocolo de intenções entre Paraná e São Paulo e Paraná e Santa Catarina com a presença do Secretário Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná, Márcio Nunes, e os representantes de Turismo de São Paulo, Gabriel Rosa, e Flávia Domenico, presidente Santa Catarina Turismo (Santur) que representou a autoridade de Santa Catarina.

“Nós desenvolvemos quatro nichos para negócios: ecológico: religioso, com três grandes igrejas - católica, no primeiro momento -, mas poderão existir outras religiões; sol e mar, porque nós também temos sol e praia com muita qualidade; e mercado de compras, em Santa Catarina, que é forte em cama, mesa e banho. A ideia é a integração dos três Estados”, diz Arruda.

O evento foi marcado pela presença de Darci Piana, governador do Paraná em exercício; Adonai Aires Arruda, presidente da holding Higi Serv; João Jacob, presidente da Paraná Turismo; Clóvis Borges, diretor executivo da SPVS; Márcio Nunes, Secretário de Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná; Gabriel Rosa, prefeito de Cananéia e representante do Secretário de Turismo de São Paulo; Flávia Domenico, presidente da Santur e representante do secretário de Turismo de Santa Catarina, entre outras autoridades. Ao todo estiveram presentes, na ocasião, 150 pessoas.

O evento também marcou a inauguração do Restaurante Valle Porto, sob a batuta do chef Daniel Schmidt e que terá gestão compartilhada entre o Hotel Camboa Antonina, Serra Verde Express e BWT, empresas do núcleo turístico da holding Higi Serv.

TAGS

scroll3

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você