[ editar artigo]

Resort e Room Office: hotéis se adaptam ao novo momento do mercado

Resort e Room Office: hotéis se adaptam ao novo momento do mercado

Para fomentar o turismo, resorts e hotéis estão transformando suas estruturas em ambientes de trabalho. Visando se adaptar ao novo momento do mercado, a Accor reestruturou seus quartos para transformá-los em escritórios. 

Com 80% de seus hotéis fechados na América do Sul, em julho, 23 unidades de São Paulo foram equipadas com mesa, cadeira, sofá, internet e frigobar para uso das 8h às 20h.

Outra aposta do segmento é o “Resort Office”, voltado para famílias que querem trabalhar e estudar fora de casa durante a pandemia. Essa modalidade já está sendo oferecida por uma série de resorts brasileiros.

Trabalhar no quarto de hotel com conforto é a tendência do setor

O “room office” é um modelo de serviço que chegou para oferecer novas opções para profissionais que estão trabalhando em home office. Essa é uma ótima opção para quem precisa de um espaço confortável, sem ruídos e prático para trabalhar.

Segundo Patrick Mendes, presidente da Accor América do Sul, todas as categorias e hotéis da rede vão aderir ao modelo. No entanto, a quantidade de quartos transformados em cada unidade vai depender da demanda.

Ainda de acordo com Mendes, o serviço de refeições permanecerá ativo, mas apenas para os quartos. Outras áreas comuns permanecerão fechadas. No entanto, nos hotéis que possuem equipamentos de ginástica, os hóspedes poderão alugar alguns aparelhos para se exercitar no quarto.

Isolamento diferenciado

O Hotel Fazenda Dona Carolina (SP) reabriu no dia 1° de julho, ofertando apenas 50 acomodações. Além do check-in individualizado, kits com álcool em gel, luvas e máscaras são distribuídos aos hóspedes. Os funcionários também estão seguindo os protocolos de segurança e saúde.

Para os profissionais que buscam conforto e sossego, salas privativas estão sendo transformadas em verdadeiros escritórios no campo. Já os estudantes podem optar pelo “homeschooling”, com acompanhamento de professor para os pequenos.

Em Itacaré (BA), as atividades do Txai Resort também reiniciaram no dia 1° de julho. Com equipe reduzida, o resort tem seguido à risca os protocolos de segurança e saúde. Por exemplo, o check-in deve ser realizado por meio da central de reservas, o transfer do aeroporto para o hotel é privativo e  o spa tem atendimento individual. Com os serviços de quarto personalizados, a suíte é transformada em um “hotel office with a view”.

Já em Minas Gerais, o Tauá Grande Hotel Termas de Araxá também está oferecendo serviços de “room office”. Além disso, outra tendência que está aí é o “road office” – busca por destinos remotos, nos quais o distanciamento social é praticamente uma escolha e não um esforço. 

O “long stay” foi outra forma dos hotéis se reinventarem. Nesse momento de crise, muitas pessoas estão mudando de residência, outras são estudantes que estão longe da família, profissionais de saúde, expatriados ou pessoas que precisam repensar soluções de moradia. Essa alternativa de isolamento pode ser a solução para muitos, pois alia preços competitivos e serviços de qualidade.

Os hotéis têm se reinventado em prol do turismo, buscando a segurança de hóspedes e colaboradores e ganhando a confiança dos turistas uma vez que mostram que estão preparados para recebê-los em qualquer ocasião.

 

 

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você