[ editar artigo]

Recuperação do setor de Turismo: 08 prováveis mudanças que os turistas poderão ver

Recuperação do setor de Turismo: 08 prováveis mudanças que os turistas
poderão ver

À medida que os movimentos ao redor do mundo estão cada vez mais restritos, é difícil imaginar como serão as viagens daqui para frente. A escala global da pandemia do novo coronavírus a torna especialmente devastadora, mas a indústria de viagens se recuperou de crises passadas e os especialistas acreditam que ela irá se reerguer novamente.

Com todas as mudanças que estão ocorrendo, as pessoas precisarão se sentir seguras para retomarem suas viagens. Por enquanto, não sabemos quando ou como a pandemia passará. Mas uma vez que a crise de saúde pública melhore, os viajantes também contam com quedas acentuadas nos preços dos pacotes turísticos, passagens etc.

Pensando nisso, separamos oito prováveis mudanças no setor de Turismo que os viajantes poderão ver quando o segmento for capaz de acelerar seus motores na direção da recuperação.

Cruzeiros mais em conta

Uma das mudanças que estão por vir é a baixa dos preços dos cruzeiros, pois o desafio será atrair novos clientes para esse tipo de viagem. As promoções juntamente com campanhas institucionais serão essenciais para a sobrevivência da atividade depois das restrições das atividades turísticas.

A reconfiguração de alguns dos novos navios que ainda estão em construção com cabines maiores e menor densidade de passageiros pode ser uma maneira de atrair novos clientes. Reduzir o serviço de bufê e inclinar-se mais para o jantar à la carte pode ser outra maneira de tranquilizar os viajantes. Além disso, os navios também devem seguir os protocolos de higiene e saúde pública.

Estruturas mais limpas

Todos os segmentos, seja cruzeiro, hospedagem ou hotel, terão que mudar a forma como monitoram e limpam o ambiente com o qual os consumidores interagem. Além dessas novas “medidas visíveis” de saneamento para mostrar como os ambientes estão limpos, é preciso que os hóspedes também contribuam a fim de aumentar sua segurança e conforto. 

Além disso, é importante deixar avisos e comunicados sobre as medidas de desinfecção realizadas para aumentar a confiança dos hóspedes e da tripulação.

Tarifas de hotéis mais em conta

Muitos hotéis estão vendendo vouchers com diárias pela metade do preço e válidos até 2021. Essas ações promocionais ajudam os meios de hospedagem a gerar caixa nesta época de desocupação por causa do coronavírus. Esse levantamento de dinheiro antecipado é uma das formas encontradas por empresários do setor para garantir a ocupação quando as medidas de isolamento social forem retiradas.

Os vouchers garantem que o cliente adquira o direito de usufruir de diárias a partir do terceiro bimestre de 2020 ou durante 2021, sem precisar escolher a data da viagem no ato da compra.

Maior segurança em Hotéis

As opções alternativas como o Airbnb e outros sites de aluguel para férias podem "transmitir" menos segurança aos turistas, uma vez que essas propriedades podem enfrentar dificuldades para seguir os padrões rigorosos de limpeza.

Com isso, os hotéis saem na frente, pois os protocolos de limpeza e higiene seguidos por esses meios de hospedagem estão em conformidade com os padrões estabelecidos pela OMS e autoridades locais.

Tarifas aéreas mais baixas e aviões mais vazios

Com as regras de distanciamento, as pessoas ficarão mais confortáveis ​​nas viagens aéreas se os aviões estiverem menos cheios. Por exemplo, as companhias aéreas precisam voar com assentos médios vazios e preços mais baixos do que o que tivemos no verão passado. Tudo isso para manter a economia do setor girando. 

Além disso, várias empresas anunciaram planos para eliminar alguns serviços de alimentos e bebidas e atribuições de assento do meio do avião para reduzir custos e diminuir a interação a bordo. 

Neste novo cenário, é provável que as viagens de negócios se recuperem primeiro, seguidas pelas viagens de lazer domésticas. As viagens internacionais devem demorar um pouco mais para retornarem.

As viagens de negócios podem estimular a recuperação das companhias aéreas

Embora muitas empresas possam se sentir mais confortáveis ​​em realizar reuniões virtuais, algumas negociações só podem ser feitas presencialmente, e isso pode ajudar a estimular a recuperação das companhias aéreas.

Flexibilidade de reservas aéreas

 

As companhias aéreas estão estendendo uma série de isenções e opções flexíveis de nova reserva por conta dos avanços do coronavírus. Na prática, isso significa que as empresas estão sendo menos rigorosas com as taxas de cancelamento e alteração de voos, por exemplo.

Maior sustentabilidade é um possível ganho inesperado

Algumas questões, como viagens mais sustentáveis e o meio ambiente já estavam entre os tópicos mais comentados antes da pandemia da COVID-19. Com isso, o setor do Turismo pode voltar de uma maneira muito mais responsável e ética quando essa crise passar.

Quais mudanças você acredita que acontecerão no setor de Turismo? Deixe seu comentário! :)

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você