Agente de Valor
Agente de Valor
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Quando é hora de reposicionar uma marca? BWT Operadora lança campanha de rebranding em agosto

Quando é hora de reposicionar uma marca? BWT Operadora lança campanha de rebranding em agosto
BWT Operadora - Comunicação e Marketing
ago. 23 - 5 min de leitura
000

Vários fatores podem ser indícios da necessidade de mudar a percepção do público em relação a uma empresa. A BWT Operadora expandiu sua área de atuação e percebeu que era hora de repaginar. Mas modificar a visão de um consumidor, já familiarizado com alguns padrões, exige planejamento, inteligência de mercado e estratégia. O rebranding deve ser pensado para que a nova “cara” institucional consiga transmitir a identidade da organização. Isso é evidenciado na BWT Operadora que, depois de mais de uma década no mercado,  relança sua marca.

“Em 2022, percebemos que nossa marca não comunicava mais aquilo que somos e nem o que queríamos ser”, explica Camila Fumaco, gerente de marketing. De acordo com ela, o time de marketing identificou que, ao longo dos anos, houve um distanciamento da comunicação com o perfil dos clientes e já não transmitia todo o valor agregado nos seus serviços. “A marca já não representava mais os diferenciais da BWT”, completa. 

Em 11 anos de atuação, a empresa abriu escritórios em Joinville, Manaus, Porto Alegre, Vitória e Rio de Janeiro, mas esta é a primeira reformulação de identidade da empresa. “Somente em 2023, expandimos para quatro novas praças: Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Brasília e Florianópolis”, ressalta  Gabriel Cordeiro, diretor geral da BWT Operadora. Para ele, o rebranding chegou também para transmitir a presença nacional da empresa.

O processo de rebranding da BWT

Foram mais de 10 meses de muito trabalho até chegar ao rebranding. “Em toda a nossa campanha, convidamos os agentes de viagens e parceiros de negócio a refletirem sobre diversos pontos que trabalhamos diariamente, como a busca pela excelência no atendimento, a manutenção da transparência nos processos, a criação de experiências memoráveis e a inovação”, descreve Rodolfo Amaral, gerente de comunicação e conteúdo.

“Com o diagnóstico em mãos, foi a hora de alinharmos toda a comunicação com os nossos pontos fortes. Se o mercado já nos reconhecia pelo bom atendimento, agilidade e inovação, nossa marca precisava transmitir essa força e alcance institucional”, afirma Rodolfo. Por isso, o trabalho de rebranding foi dividido em etapas, incluindo pesquisa de percepção da marca, estratégia de branding e plano de ação.

“Focamos a nova ‘cara’ nos pontos fortes apontados pela pesquisa de imagem institucional: atendimento, credibilidade, sustentabilidade, diversidade e inovação”, complementa Camila. De acordo com a gerente de marketing, o objetivo final é consolidar a BWT como uma solução para as agências, fácil, segura e confiável.

Com o conceito “nós reservamos o melhor pra você”, o rebranding fecha todo esse processo. “Agora, começa a fase de apresentar ao mercado as mudanças na marca, identidade visual, culminando com a apresentação da campanha que será a "cara" que a empresa vai ter daqui pra frente”, explica Camila.

“Desde 2020, nos deparamos com desafios inéditos e conquistas inéditas. E o crescimento não foi refletido apenas em números; a própria filosofia da empresa mudou, trazendo novos valores, novas atitudes e novas estratégias. Agora, isso também vai ser parte do nosso diálogo com o mercado”, pontua a gerente.

De acordo com o time de marketing, um processo de rebranding bem-sucedido requer pesquisa, planejamento minucioso, envolvimento interno, comunicação clara e consistente, além de um acompanhamento cuidadoso das reações dos consumidores durante e após a implementação das mudanças. “O resultado é uma marca multifacetada, capaz de impactar positivamente diversos aspectos da empresa”, define Amaral. 

A campanha

A partir de agora, várias ações de comunicação vão desdobrar o conceito “nós reservamos o melhor pra você”. Uma frase que explica todas as ações voltadas ao melhor relacionamento com o agente de viagens. “Estamos sempre em busca de capacitar nossos parceiros e de proporcionar o melhor atendimento e suporte ao agente. Só este ano já promovemos mais de 20 encontros, tudo para honrar nosso compromisso de proporcionar as melhores experiências também aos passageiros”, descreve Gabriel Cordeiro, gerente geral da BWT.

Para ele, o rebranding, apesar de arriscado, é algo necessário para uma marca se adequar aos novos tempos e à evolução do setor. “Estamos mais alinhados com a evolução do mercado, mais diretos em nossa comunicação, prontos para continuar nossa jornada de trazer soluções para as agências de viagens. Temos certeza que o mercado vai entender nossas mensagens”, conclui.



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você