[ editar artigo]

Parque Vila Velha, no Paraná, recebe primeiro festival de balões

O Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa (Paraná), será cenário neste domingo (13) de um festival de balões.

A 1ª Revoada de Balões receberá  15 balões de diversos tamanhos e formatos, a maioria produzida no estado. A entrada será gratuita, mas a capacidade será limitada a 800 pessoas. Diante disso, as decolagens ocorrerão em área restrita do parque, em dois momentos: às 7h30 e 16h30.

Além disso, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, informou que não será permitida a participação do público nos voos no Parque Vila Velha. Justamente por se tratar de um evento experimental, que visa mostrar a viabilidade de se implantar voos permanentes de balões no parque.

O secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, destaca que o evento pode ser um marco para o Paraná. “Irá mostra o potencial turístico que o parque e a região dos Campos Gerais possuem. O turismo no Estado é uma grande mola de desenvolvimento e geração de renda e precisa ser explorado com uma boa estrutura e qualidade aos turistas”, afirma.

Leia também: Grupo Latam anuncia novos voos e frequências no Paraná

Já para Edgar Hampf, secretário municipal de Turismo, “a ideia é proporcionar uma nova frente de divulgação da cidade, em particular do Parque Estadual de Vila Velha, principal produto turístico de Ponta Grossa”, destacou.

A visitação das demais áreas segue a programação normal, de acordo com o regulamento de visitação e os preços estabelecidos pelo Parque Estadual.

Concessão do Parque Vila Velha

Parque Estadual Vilha Velha. Ponta Grossa, Foto: Pedro Ribas/ANPr

Em setembro, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo publicou um edital do processo de concessão do Parque da Vila Velha. A disputa é dirigida a empresas interessadas em investir na melhoria da estrutura do parque e do seu entorno, trabalhando na potencialização dos atrativos turísticos do local.

O intuito, portanto, é repassar a gestão das lanchonetes, dos ingressos, do estacionamento e dos passeios para a iniciativa privada, com potencial de economia de R$ 4 milhões por ano aos cofres públicos.

O evento com balonismo servirá para que as empresas interessadas em investir no parque conheçam de perto o potencial turístico do local.

 

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você