Agente de Valor
Agente de Valor
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Oh Minas Gerais!

Oh Minas Gerais!
Adonai Arruda Filho
nov. 23 - 5 min de leitura
020

      Neste último feriado de 07 de setembro resolvi ir a Minas Gerais aproveitando um voo direto a partir de Curitiba. Ultimamente, com estas bagunças de aeroportos, tenho preferido ir a destinos aonde existem voos diretos. Neste caso melhor ainda, pois o tempo de voo é aproximadamente 1h30 apenas!

      Ficamos no Hotel Ouro Minas Belo Horizonte Dolce by Wyndham. Um hotel clássico e super bem localizado. Próximo ao centro, aos bares e tambem ao contorno que leva as estradas. Este é um detalhe importante para quem vai explorar outras regiões, pois as saídas de BH constumam ter muito trânsito e você pode vir a perder algumas horas.

      No primeiro dia fomos a Inhotim, atrativo imperdível na cidade de Brumadinho e que fica a aproximadamente 1h30 de BH (apesar de estar a apenas 62km de Belo Horizonte). Existem pousadas interessantes na região e pode ser uma boa opção para quem planeja visitar a capital apenas no retorno ou pular esta etapa. No nosso caso, como chegamos a noite e não quisemos estender o tempo de estrada foi interessante ficar pela cidade mesmo. 

Inhotim é um grande museu a céu aberto, com obras fantásticas e uma natureza exuberante, com enorme variedade de espécies de plantas. O museu apresenta muitas obras interativas, inclusive, a minha preferida permite ouvir o som do Planeta Terra! É de arrepiar!!!


Para diminuir o tempo em fila e não ser surpreendido com a lotação do lugar, o ideal é comprar a entrada antecipadamente e, para quem tem dificuldade de locomoção, sugiro comprar o passe de transporte interno. Existem alguns pontos de visitas mais distantes e com boas subidas.No outro dia fomos a pequena, porém muito importante Congonhas. Lá está o patrimônio Mundial da humanidade, o Santuário Bom Jesus do Matosinhos, muito famoso por abrigar as estátuas dos doze apóstolos feito pelo Aleijadinho. O local é um dos maiores centros de devotos. Ao lado podemos visitar o museu de Congonhas e o Centro Cultural da Romaria usado para abrigar milhares de fiéis. Nosso destino era Ouro Preto, por isso só passamos o dia em Congonhas (é caminho). 

Para irmos a Ouro Preto, utilizamos a rota via Ouro Branco. A paisagem por entre as montanhas é impressionante!!! 

Chegando em Ouro Preto existe a Mina du Veloso, uma autêntica mina de ouro do século XVIII. A mina fecha as 17hs e para chegar lá é necessário o uso do google maps. A própria chegada é maravilhosa! O valor da entrada é de R$30 e pode ser pago com pix ou dinheiro

Jantamos no restaurante Bené da Flauta, na minha opinião o melhor da região. Local super central, com vista maravilhosa e comida incrível! E o chopp sempre gelado...

Para se conhecer Ouro Preto de verdade e toda a sua história, é imprescindível a contratação de um guia de turismo. Além de descobrir alguns "buracos", você terá conhecimento da rica história do Brasil e da região!


* Casa da Ópera - Teatro Municipal - Mais antigo em atividade no Brasil.

Imperdível: Museu da Inconfidência, Igreja de São Francisco de Assis, Igreja Nossa Senhora do Pilar e para quem gosta de natureza, o Parque das Andorinhas!



O Parque das Andorinhas merece um dia inteiro. Cachoeiras, formações rochosas e muita natureza! A entrada é gratuita e a paisagens de encher os olhos! A água gelada das cachoeiras são revigorantes!!!


Separamos um dia para visitar ainda a estação de trem de Mariana (infelizmente o trem não está operando) e também a Mina de Passagem. Esta é uma super experiência, pois você visita a das maior mina aberta para visitação do mundo, descendo a 120 metros de profundidade em um trolley! As galerias são enormes e para os praticantes de mergulho, é possível a prática em águas cristalinas dentro da caverna. Existe um detalhe importante, custa R$200 por pessoa e só se aceita dinheiro. Não aceita nenhum tipo de cartão ou Pix! Mas vale muito a pena!!!



O Hotel que nós ficamos em Ouro Preto foi o Luxor! Muito bem localizado, ótimo atendimento e um prédio histórico maravilhoso!

Infelizmente ficamos poucos dias e faltou explorar muito a região! Em breve voltaremos!





Denunciar publicação
    020

    Indicados para você