[ editar artigo]

O que sabemos sobre o Lacte 15, realizado pela Alagev

O Lacte 15 já tem data e lugar marcado para acontecer. O evento que une gestores de viagens e eventos corporativos acontecerá em 17 e 18 de fevereiro de 2020, novamente no WTC Events Center, em São Paulo. O tema do encontro será “dados humanos”, enfatizando a figura do ser humano na indústria.

O Agente de Valor conversou com Eduardo Murad, diretor executivo da Alagev, a organizadora do encontro anual. À reportagem, ele revelou que a estrutura do próximo Lacte permanecerá praticamente intacta. Algumas mudanças a serem implementadas são: mais espaços de contação de histórias (storytelling), dois telões que exibirão conteúdos simultaneamente e novas propostas de ativação de patrocinadores.

“Na indústria como um todo muita gente fala de relatórios, savings, resultados e esquece a figura do ser humano. Queremos trazer essa provocação, não só para o gestor, mas o profissional de eventos, que eles desenvolvam a habilidade de inteligência emocional”, sugere Murad sobre a temática.

Em 2019, a Alagev apostou pela primeira vez no formato de piso único para o Lacte. Esse modelo será mantido ano que vem. Algumas pequenas alterações serão feitas com o intuito de melhorar a logística do espaço, sobretudo nos estandes de patrocinadores.

Inclusão no Lacte 15

Com  a intenção de proporcionar “melhor networking” e “engajamento de pessoas”, o encontro promete trabalhar mais uma vez com a inclusão. Recepcionistas com mais de 60 anos darão as boas-vindas aos participantes, fotógrafos portadores de síndrome de down registrarão o evento estão confirmados para 2020, bem como refugiados atuarão no evento.

Murad ressalta que o Lacte está aberto para novas possibilidades junto a empresas patrocinadoras. As ideias mostram uma quebra da seriedade do evento, mas ainda com conteúdo relacionado ao universo do Lacte. Por exemplo: estações de numerologia, estandes de fotos personalizadas, espaços para criação de memes, entre outros.

Mais ação

Neste ano, o Lacte recebeu 1.280 participantes ao longo dos dois dias. Eduardo Murad quer que essas pessoas fiquem mais tempo e desfrutem da programação no próximo ano.  A inclusão dos telões serve para dar maior autonomia ao participante e, consequentemente, deixa-lo mais tempo ali.

“Queremos que ele [o visitante] permaneça mais tempo no Lacte. Sabemos que tirar funcionários da empresa é uma tarefa difícil. Mas se eu entrego conteúdo e experiências que têm valor para ele, ele fica e aproveita os dois dias inteiros”, acredita.

O conteúdo das palestras e os participantes estão em análise pela Alagev e deverão ser divulgados nas próximas semanas. A abertura das inscrições provavelmente começarão entre a segunda quinzena de outubro e a primeira de novembro.

Os preços do Lacte 15 devem sofrer uma correção, mas Murad garante que a alteração será pequena. Os valores de 2019 partiram de R$ 463,10 (associado Alagev) e R$ 858,10 (não associado Alagev) por pessoa.

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você