[ editar artigo]

Nova York investe US$ 20 milhões em sua maior campanha de marketing

A cidade de Nova York acaba de lançar sua nova campanha de marketing, revelou a NYC & Company, órgão oficial de promoção do destino.

Chamada de Famous and Original New York (A famosa e original Nova York, em tradução livre), a ação será divulgada em 22 países, inclusive o Brasil. O custo está avaliado em cerca de US$ 20 milhões.

A nova campanha de marketing, segundo a NYC & Company, reforça o espírito “acolhedor incomparável” da Big Apple por meio de uma nova representação da Estátua da Liberdade. A imagem foi criada a fim de exibir um aspecto mais criativo e sensações inovadoras, continua o escritório.

A iniciativa continua a promover o slogan “Você é bem-vindo. Sempre”. Dessa forma, apresenta ao mesmo tempo parceiros comerciais com referências coloridas. Adicionalmente, peças criativas serão incluídas e, de acordo com o órgão, remetem ao imaginário tipicamente nova-iorquino.

O Agente de Valor conversou recentemente com Chris Heywood, vice-presidente  executivo de comunicações globais do escritório. O executivo disse como Nova York soube superar a crise no turismo que os Estados Unidos sofreram após os atentados de 11 de setembro de 2001.

Ele, aliás, compartilhou uma série de sugestões sobre promoção que podem ser aplicadas a mercados de todo o mundo.

Nova campanha de marketing no Brasil

O Brasil receberá anúncios digitais no formato out of home, divulgando pacotes formatados em uma parceria com a CVC. Ainda, haverá uma nova ativação digital em canais como Facebook, Instagram e YouTube.

Já em novembro, a iniciativa será realizada na Índia, no México e no Reino Unido. Vale destacar que Cingapura e Irlanda são mercados estreantes na nova campanha de marketing.

A cidade de Nova York tem como meta receber 13,9 milhões de turistas internacionais em 2019. Como um todo, a estimativa é de 66,9 milhões de visitantes. Se os números positivos se concretizarem, esse será o décimo ano de crescimento consecutivo.

No ano passado, 906 mil brasileiros visitaram o destino norte-americano. O país se consolidou como o terceiro maior emissor internacional (sem considerar os vizinhos de fronteira Canadá e México). Enfim, os indicadores apontam alta, com possíveis 939 mil turistas daqui até 31 de dezembro deste ano.

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você