[ editar artigo]

Ministro da Infraestrutura diz que eliminará tarifa de embarque internacional

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em entrevista na manhã de hoje (28) confirmou a eliminação da tarifa de embarque internacional, após participar do Fórum de Líderes da Associação Latino-Americana de Transporte Aéreo (ALTA).

Segundo o ministro, essa é uma das medidas regulatórias que o governo pretende mudar para tornar o mercado de aviação cada vez mais satisfatório.

"Nós estamos dando mais conectividades para os passageiros. Então, nós temos medidas interessantes que estão por vir que vão tornar o nosso mercado cada vez mais apto. Sendo assim, vou antecipar apenas uma: a eliminação do adicional de tarifa de embarque para o exterior. Os Us$ 18 que é pago nós vamos eliminar em breve", anunciou.

O Presidente Jair Bolsonaro confirmou a informação, por meio de sua conta pessoal no Twitter.

"O Ministro confirma fim da taxa adicional cobrada na tarifa de embarque internacional. Medida tem como objetivo incentivar o mercado aéreo brasileiro e baratear ainda mais as passagens internacionais. Taxa adicional foi criada em 1999 para reduzir dívida pública", escreveu.

Além disso, o presidente apontou que essa é uma das medidas que o governo cria para incentivar o setor de aviação civil. Assim, ampliando a entrada de novas empresas no setor. O objetivo é atrair também empresas internacionais na concorrência de voos domésticos.

Leia também: Governo vai dobrar limite de compras em free shops de aeroportos

Incentivo na aviação

Outro ponto destacado pelo Ministro foi a ampliação de atendimento dos passageiros em aeroportos. De acordo com a autoridade até o final do governo atual, em 2022, 41 aeroportos deverão ser entregues a iniciativa privada.

"Hoje atendemos 120 localidades, são 120 milhões de passageiros. A nossa ideia é chegar a mais de 200 mil passageiros em 200 localidades do Brasil em 2025, com todos os investimentos que estão sendo realizados agora. Nós estamos transferido aeroportos para iniciativa privada, 41 até o final desse governo em 2022. Observe que nós vamos alcançar 62 aeroportos concedidos é uma marca muito expressiva", apontou.

 

 

 

 

 

 

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você