[ editar artigo]

"Jordânia é um destino de horizontes intocáveis", diz agente de viagens

Francisco Augusto Zapelini Filho é agente e sócio da ViajaMundi. Durante cinco dias viajou pelos encantos da Jordânia. Em entrevista ao Agente de Valor, o profissional contou um pouco sobre a sua experiência pelo país do Oriente médio.

Sua jornada teve inicio em uma viagem a Aqaba, uma cidade costeira do extremo sul da Jordânia e porta para o Mar Vermelho. A região é propícia para a realização de mergulhos, motivo que atraiu o agente de viagens para esse destino.

De acordo com Zapelini Filho, o mergulho na região proporcionou uma das melhores experiências, pois pode apreciar os corais, e conhecer um museu debaixo d'água.

" O mergulho no Mar Vermelho tem a saída pela praia, não precisa de barco. Existem muitos pontos de mergulhos e também um museu como se fosse do exército. Podemos encontrar aviões, tanque de guerra, helicóptero, tudo afundado", destaca.

Após conhecer Aqaba, Francisco seguiu em direção a Petra, considerada uma das sete maravilhas do mundo moderno. No destino, conheceu o Templo Al Khazneh, principal ponto turístico da cidade.

Leia também:
Conheça as Maravilhas do Mundo com mais engajamento na internet

"Depois de caminhar dois quilômetros pelo  Al-Siq cheguei no Al Khazneh que é a principal obra da Jordânia. Em seguida, fiz uma caminhada até o Monastério Al-Deir, cerca de quatro quilômetros sobre montanhas em escadas esculpidas. Esse destino é uma experiência incrível, tudo talhado na pedra", aponta.

Mas o destino que mais encantou Francisco foi Wadi Rum, o deserto de areia vermelha. Neste ponto da viagem, o profissional passou a noite em um acampamento beduíno no meio do deserto e jantou na frente do Rio Nilo. "O que mais me deixou encantado foi o céu estrelado no deserto, foi a maior experiência que eu tive  e agora provavelmente eu voltarei para a Jordânia, pois é um destino apaixonante."

Referências ao clientes

Para Zapelini Filho, a Jordânia é um destino que surpreende. O agente de viagens relatou que sua viagem ao país quebrou com a ideia de que países do Oriente médio são perigosos. Na Jordânia, a única dificuldade que o profissional encontrou foi com o idioma, pois a língua principal é o árabe e poucos falavam inglês.

De acordo com ele, a Jordânia é um destino de horizontes intocáveis e que surpreende a todos que o conhecem. "É um país totalmente diferentes e que oferece inúmeros atrativos. Além disso, o povo é muito hospitaleiro, gostam muito dos brasileiros e fui recebido com muito carinho", apontou.

A hotelaria e a gastronomia são outros pontos de destaque. Em resumo, toda a experiência adquirida na viagem ajudará a trazer novas oportunidades e roteiros diferenciados aos seus clientes.

"Eu sempre viajo sozinho, assim procuro novos roteiros e novidades para levar aos meus clientes. A viagem para a Jordânia me mostrou que o destino é seguro e que pode surpreender a todos, pois tem muita coisa que pode ser explorada pelo viajante", finaliza

Wadi Rum, o deserto de areia vermelha (Arquivo)

 

 

 

 

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você