[ editar artigo]

Ilhas havaianas e as “bolhas de resorts”

Ilhas havaianas e as “bolhas de resorts”

Três ilhas havaianas estão pensando em criar "bolhas de resort" para que os visitantes possam aproveitar as propriedades do hotel de forma segura.

As autoridades de Maui, Kauai e a Ilha Grande estão pensando em permitir que os turistas fiquem em propriedades nas ilhas com o número reduzido de hóspedes para que possam pelo menos sair para tomar ar fresco. A ideia seria separar geograficamente os hóspedes até os limites do resort. 

O estado atualmente mantém uma quarentena de 14 dias para visitantes que chegarem às ilhas  até 1° de setembro, data  prevista de reabertura oficial do Havaí para estrangeiros. 

A partir desta data, o Havaí pretende introduzir o programa de testes, permitindo aos viajantes evitar a quarentena. Para isso, o teste COVID-19 negativo deve ser feito até 72 horas antes da chegada.

A reabertura estava inicialmente programada para 1º de agosto, mas foi adiada devido ao aumento nos casos de COVID-19 em outras regiões dos Estados Unidos.

De acordo com o diretor administrativo do Condado do Havaí, Roy Takemoto, o conceito de "bolha" está sendo revisado, pois alguns aspectos específicos ainda precisam ser trabalhados, incluindo orientações de funcionamento de restaurantes e piscinas, por exemplo. Além disso, a delimitação geográfica também pode depender da disposição dos visitantes em ser monitorados durante sua estadia.

Viagens intraestaduais entre as ilhas são permitidas sem a necessidade de quarentena

O número de casos de coronavírus no Havaí é muito menor do que na maioria dos estados (em parte graças ao isolamento do arquipélago vulcânico e à quarentena estrita), mas a indústria de viagens foi fechada em março. Como resultado dos fechamentos relacionados ao turismo, a taxa de desemprego no Havaí é de 22,6%, a segunda maior dos Estados Unidos.

No entanto, desde o dia 16 de junho, os moradores começaram a viajar entre as ilhas havaianas sem precisar ficar em quarentena por duas semanas. Passageiros em aeroportos têm sua temperatura medida por um scanner – qualquer pessoa com temperatura superior a 38°C não tem permissão para viajar.

As regras para atividades, incluindo passeios de barco, caminhadas e pesca costeira, são de cada condado, juntamente com o Departamento de Terras e Recursos Naturais do estado.

Para os habitantes locais, a vida foi gradualmente retomada com a inauguração de restaurantes em O'ahu e na Ilha Grande no início de junho. Em Maui, praias, algumas piscinas municipais e parques também foram reabertos.

Atualmente, o requisito de entrada para visitantes é o cumprimento da quarentena por 14 dias quando chegar. 

No site Go Hawaii, a Autoridade de Turismo do Havaí salienta: "Como isso significaria que os visitantes teriam que permanecer em seus quartos durante a maior parte ou todas as suas férias, os viajantes são aconselhados a adiar qualquer viagem ao Havaí".

Por isso, as autoridades estão considerando essa abordagem de delimitação geográfica como uma solução potencial.

Assim, os resorts selecionados disponibilizarão áreas onde os turistas possam desfrutar de férias fora de seus quartos de hotel.

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você