[ editar artigo]

Gol retira 11 aeronaves Boeing 737 após problemas em inspeção

A Gol suspendeu a operação de 11 aeronaves Boeing 737 Next Generation (NG), após a realização de inspeções emitidas pela Administração Federal de Aviação, autoridade dos Estados Unidos.

De acordo com a companhia, foram encontrados indícios de substituição de um “componente específico”. Embora não tenha especificado, essas vistorias tinham como objetivo a busca de rachaduras na estrutura do avião que prende a asa à fuselagem.

Como resultado, a decisão afetará até 3% do total de clientes que serão transportados até 15 de dezembro. Ou seja, essas aeronaves de modelo 737 (NG) permanecerão inoperantes até o cumprimento da manutenção.

“A Gol lamenta pelos eventuais transtornos causados e reforça que tem trabalhado intensamente para minimizar os potenciais efeitos aos seus clientes, aos quais desde já agradece pela compreensão”, informou, em nota.

Em razão desse problema, a empresa aérea destaca que os clientes impactados têm sido informados previamente sobre o ocorrido. Eles serão acomodados em outros voos da Gol ou, eventualmente, de companhias congêneres.

A frota da Gol é composta inteiramente por aeronaves Boeing 737. São 91 jatos 737-800, 24 modelos 737-700 e, por fim, sete aviões 737-8 – sendo que esses últimos estão fora de operação após os acidentes com vítimas fatais na Etiópia e Indonésia.G

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você