[ editar artigo]

Gol lança serviço de stopover em voos para São Paulo

A Gol anunciou hoje o serviço de stopover para os aeroportos de  Congonhas e Guarulhos e Viracopos, em São Paulo.

A partir de hoje, os consumidores que quiserem fazer uma parada intermediária, sendo São Paulo o ponto de conexão entre os voos, poderão permanecer no Estado, sem custo adicional, por até duas noites.

A novidade foi apresentada hoje pelo presidente da aérea, Paulo Kakinoff, ao lado do governador de São Paulo, João Doria, e o secretário de Turismo do Estado, Vinicius Lummertz.

Segundo Kakinoff, o serviço já estará disponível nos canais de venda da Gol. Até 2020, o programará incluirá as agências de viagens e as parceiras de aliança estratégica Delta Air Lines e Air France-KLM. “Estar ao lado do Governo de São Paulo nessa iniciativa inédita também reforça nosso objetivo de proporcionar o melhor serviço e experiência para nossos Clientes”, declara ele.

O serviço de stopover da Gol é válido para reservas de voos domésticos ou internacionais da empresa. No ponto de parada, será permitido envolver apenas um dos três aeroportos. Caso o viajante opte por desembarcar em Congonhas, ele seguirá a viagem com o reembarque no mesmo terminal.

Ainda, o stopover tem tempo mínimo de 12 horas e o cliente deve pernoitar na cidade e embarcar no dia seguinte. Já o tempo máximo é de duas noites, a partir do momento de desembarque no aeroporto de conexão.

As regras funcionam apenas para uma parada, na ida ou na volta, por passageiro e por reserva, explica a Gol.

“Estamos dando continuidade ao programa ‘São Paulo Pra Todos’. Hoje, nós vamos lançar o serviço de stopover da Gol nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Viracopos. Esse é um programa inédito no Brasil. É uma forma de incentivar o turismo, aumentar a geração de receita para a capital e Estado, colocando o Brasil e São Paulo no contexto internacional”, diz João Doria.

TAGS

scroll1

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você