[ editar artigo]

Florianópolis: foco nos protocolos sanitários

Florianópolis: foco nos protocolos sanitários

Uma temporada diferente de todas as outras. A perspectiva que se desenha para a alta temporada em Florianópolis é o turismo regional, com mais visitantes catarinenses e de outros estados, e menos turistas estrangeiros.

A menos de um mês do início do verão, os visitantes começaram a chegar às praias da capital de Santa Catarina e, junto com eles, a expectativa de que a temporada poderá ser positiva, apesar da pandemia.

Ao contrário dos anos anteriores, a Superintendência de Turismo da Prefeitura de Florianópolis não fará a divulgação da cidade. Todo o trabalho está voltado para atender os protocolos sanitários.

Destino preferido dos brasileiros

Segundo o secretário municipal de Turismo, Juliano Richter Pires, o otimismo em relação à temporada de verão 2020/2021 em Florianópolis se baseia no fato de a cidade estar no topo dos destinos preferidos dos visitantes brasileiros, e também por estar conquistando credibilidade pelo trabalho realizado no enfrentamento à Covid-19.

Para o superintendente de Turismo de Florianópolis, Fábio Queiroz, além da divulgação dos protocolos para turistas, moradores e empresários, é importante sensibilizar a todos sobre os cuidados que devem ser tomados.

O comportamento das pessoas em relação aos espaços abertos, como a beira da praia, é definitivo para que as prefeituras definem uma postura. Naturalmente, ambientes ao ar livre apresentam baixo risco de transmissão, mas o modo como as pessoas fazem uso do local pode torná-lo de alto risco.

Por exemplo, é permitido somente a prática de exercícios físicos na areia ou na água (não é permitido ficar sentado na areia). Além disso, foram reforçadas a obrigação de uso de máscara e a proibição de realização de esportes aquáticos coletivos.

Ainda de acordo com Fábio, o trade turístico e o Governo do Estado estão planejando uma nova orientação que atenda a demanda da temporada de verão sobre a liberação da permanência na praia, bem como a taxa de ocupação de leitos de hotéis e similares.

Quanto à infraestrutura nas praias, banheiros, chuveiros, quiosques e o programa “Floripa Dax um Banho” terão a mesma formatação da temporada passada. Os decks dos 140 quiosques já estão sendo instalados nas praias e o sorteio que definiu os ambulantes foi realizado no mês de novembro. Serão mais de 200 banheiros e 40 chuveiros espalhados em 25 praias.

Viaje +SC

Para fortalecer o turismo regional, a Santur lançou no início de outubro o programa “Viaje +SC”, incentivando o turismo seguro dentro do Estado. Os estabelecimentos que aderirem ao programa estarão alinhados aos protocolos sanitários para prevenção da Covid-19.

Para que o verão seja aproveitado da melhor forma, Florianópolis também passará a fazer em média mil coletas diárias com testes do tipo RT-PCR e testes rápidos, anteriormente, eram feitas a metade destes exames. Haverá ampliação das equipes dos centros de testagem exclusivos para o novo coronavírus, que já estão presentes em todas as regiões da cidade.

Vale lembrar que o programa “Viaje + SC” também está alinhado às premissas do Safe Travels, selo internacional emitido pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), com respaldo da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ao lado de Rio de Janeiro e São Paulo, Santa Catarina é um dos três estados brasileiros que conquistou o Safe Travels.

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você