[ editar artigo]

Embratur fecha parceria com Miami para promover o turismo do Brasil

A comitiva da Embratur está em missão na Flórida, nos Estados Unidos. Na última quarta-feira (28), os representantes participaram de um encontro com Manny Gonzalez, presidente do Escritório de Desenvolvimento Econômico e Comércio Internacional do Condado de Miami-Dale, que se disponibilizou para cooperar com o instituto em ações de marketing que tenham Miami como foco e, principalmente, o aeroporto da região. 

Os representantes do Brasil, também se reuniram com o presidente da Royal Caribbean Internacional, Michael Bayley, para debater sobre os cruzeiros realizados pela companhia. 

De acordo com Michael Bayley a empresa marítima, que deixou de operar no Brasil, já foi responsável por trazer 600 mil turistas por ano para os destinos brasileiros, o dobro de todos os turistas que chegam de cruzeiro atualmente no país.
 
“O excesso de rigor das legislações trabalhista, tributária e ambiental dificultam a volta da Royal Caribbean ao Brasil. Em cada viagem, um só navio de cruzeiros, deixa de levar ao Brasil cerca de seis mil turistas”, informou. Para o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, as palavras do CEO da Royal Caribbean “são um retrato fiel da situação recente do turismo no país. O Brasil é a melhor estória de sucesso que nunca aconteceu".

A visita nos Estados Unidos para troca de experiências, divulgação das ações promocionais da Embratur, especialmente a divulgação da medida para isenção de vistos para norte-americanos, australianos, canadenses e japoneses, é realizada pelo presidente da Embratur, Osvaldo Matos, diretor de marketing e relações públicas do instituto,Sílvio Nascimento, coordenador de publicidade e propaganda, Rafael Luisi, assessor da presidência, e o servidor Arthur Grimaldi.

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você