[ editar artigo]

Delta Air Lines compra 20% do Grupo Latam por US$ 1,9 bilhão

A Delta Air Lines anunciou a compra de 20% das ações do Grupo Latam Airlines. A nova parceria estratégica "combina os pontos fortes das principais companhias aéreas da América do Norte e América Latina", segundo confirmou em nota.

Além disso, a norte-americana também investirá US$ 350 milhões para apoiar o estabelecimento da parceria estratégica.

Para o Ed Bastian, CEO da Delta, o trabalho conjunto entre as companhias beneficiará os clientes, proprietários e comunidades das redes. “Essa parceria transformadora com a Latam reunirá nossas principais marcas globais. E assim, permitindo-nos oferecer o melhor serviço e confiabilidade para viajantes, de e para as Américas”, afirmou. 

Já Enrique Cueto Plaza, CEO da Latam, apontou que a aliança deve fortalecer as duas empresas. "Essa aliança com a Delta fortalece nossa empresa e aprimora nossa liderança na América Latina. Sendo assim, fornecendo a melhor conectividade por meio de nossas redes de rotas altamente complementares", disse.

A aliança abrirá novas oportunidades de crescimento, com base na presença global e joint ventures da Delta e Latam,  ou seja incluindo a parceria existente da Delta com a Aeroméxico. Com suas redes complementares, as companhias aéreas e seus parceiros poderão oferecer acesso aos seus passageiros para diferentes destinos.

Leia também:
Como Nova York se posicionou após o 11/9 para fortalecer o turismo

Além do investimento de US$ 350 milhões, a Delta informou que manterá a compra de quatro aeronaves A350 da Latam e também concordou em assumir o compromisso de comprar 10 aeronaves A350 adicionais. As novas aeronaves serão entregues a partir de 2020 até 2025, apoiando a transformação contínua da frota da Delta. Também, a Latam contará com um representante da Delta no Conselho de Administração, trabalhando em fortalecer o relacionamento. 

 

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você