[ editar artigo]

Das praias ao casamento: conheça a Welcome Trips

Das praias ao casamento: conheça a Welcome Trips

Para chegar onde chegou, a Welcome Trips passou por muitos altos e baixos. O Agente de Valor conversou com o fundador da empresa, Eduardo Rodrigues, que contou como tudo isso começou, quando ainda cursava a faculdade de turismo, até os dias de hoje.

No início dos anos 2000, quando era aspirante a bacharel, ele organizou uma viagem para a Ilha do Mel, no Paraná, para amigos e colegas de estudo. A viagem incluía o transporte com ônibus, barco e a hospedagem em uma pousada na Praia Grande.

Depois dessa primeira experiência, as viagens continuaram surgindo: a mesma Ilha do Mel, Ilha do Cardoso, em São Paulo, na fronteira com o Paraná, e destinos que tinham como intuito principal o surfe e as praias.

Ainda nos primeiros passos, o próprio Rodrigues trabalhava na divulgação das viagens utilizando o boca a boca. Certo dia, um fato desagradável deu o pontapé inicial para a sua profissionalização.

“Eu já tinha vendido uma viagem para a Ilha do Cardoso para aproximadamente 20 pessoas. E eu fui no Vilarinho, uma balada aqui em Curitiba, tinha flyers no bolso, mas não iria entregar porque a festa era patrocinada por outra agência. Mas um amigo entregou e os seguranças nos tiraram da balada. Aí, os donos da empresa entraram em contato e nos alertaram que não poderíamos fazer esse tipo de viagem, que estávamos sozinhos nos mercado, não tínhamos empresa, e que estávamos fazendo uma coisa informal e iriam nos denunciar.”

Maré cheia

Sem desistir dos seus projetos, Eduardo encontrou uma agência parceira que lhe deu a estrutura necessária para continuar desenvolvendo essas viagens para o litoral. Depois de ganhar notoriedade com esse nicho, ele se desligou da empresa e abriu a Welcome Trips em 2005.

Já dois anos depois, sua empresa já tinha reconhecimento no segmento de viagens rodoviárias para destinos de praia do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

Thiago Abdul, Mariana Volpi e Eduardo Rodrigues, todos da Welcome

Apesar dessa notoriedade, o proprietário percebeu que os negócios não iam tão bem como esperava. “Em 2008 mais ou menos, eu já tinha dois funcionários, mas eu não tinha controle de contas, de nada. E foi quando percebi que estava praticamente quebrado. Aí eu arregacei as mangas comecei a trabalhar com mais seriedade, vender passagens aéreas, e tive muito apoio de amigos do turismo.”

O mercado tradicional ainda não era o que o empresário queria. Ao longo dos anos, Eduardo trabalhou com pacotes fechados, mas foi com o Carnaval que ele percebeu uma nova aposta para sua empresa. Ele lembra das viagens que fazia ao Rio de Janeiro, de ônibus e avião, que eram festas regadas a muita música, com DJ, equipe de vídeo e até balada pós-viagem já em Curitiba.

Mas no meio do caminho ele percebeu que a segmentação de mercado não rendeu como o esperado e voltou a trabalhar com os produtos habituais.

“Durante toda essa caminhada eu apostei muito em nicho de mercado. Eu tinha um site, o Welcome Trips, com todos os segmentos que eu queria apostar, achando que eu sempre poderia ser especialista em algum deles. Fazia viagens de surfe, turismo ecológico, eventos universitários, viagens para saltar de paraquedas, andar de skate, até que percebi que esses segmentos não prosperaram muito e eu não estava mais conseguindo fazer acontecer”, relembra.

Casamento confirmado

Mais tarde e com uma nova cabeça, Eduardo deu um passo importante para a formação da atual empresa. Ficou sócio da atual esposa Mariana Volpi, e logo em seguida Thiago Abdul entrou para a sociedade.

Mesmo com receio em relação ao futuro da indústria, o profissional seguiu em frente e sua empresa foi contratada para realizar um casamento. Essa foi outra reviravolta na Welcome Trips.

“De repente, outros casamentos vieram, e foi quando eu percebi que era esse o segmento que deveríamos apostar. Isso foi há cinco anos e lá no início nós falamos aqui, internamente, para nossa equipe que ainda era pequena, com cinco pessoas: ‘nós seremos os melhores neste segmento de casamentos’. Hoje, nós somos a principal empresa na América Latina na realização de casamentos”, ele garante.

Com uma demanda de aproximadamente 70 casamentos por ano, a equipe chega a realizar, em alguns feriados, até oito cerimônias simultâneas em destinos na Europa, alguns na Ásia e, principalmente, no Caribe. Apesar de não ser a pioneira nesse mercado, a empresa soube se destacar com estruturação e comunicação para ganhar mercado.

O que o futuro reserva

O passo seguinte da empresa foi transformar todos os negócios sob o guarda-chuva de uma holding, a Welcome Group. A companhia abrange Welcome Weddings, Welcome Trips e Welcome Corporate.

“No caso dos casamentos, nós temos uma equipe que sabe tudo de casamentos, e não de turismo. Então, não somos uma agência de viagens que faz casamentos, mas temos uma produtora de eventos com decoradoras, produção, organização de festas. Todo o protocolo das festas, fazemos tudo por aqui. Assim, a Welcome Weddings é uma produtora de eventos que produz casamentos e a Welcome Trips, uma agência de viagens que atende os convidados deste casamento”, explica.

Eduardo Rodrigues pensa que o mercado tem espaço para todos. Se outras empresas começaram a trabalhar com o nicho de casamento, ele não ficará preocupação, afinal, “há muita gente e o que falta é se reinventar”, acredita ele.

Quando ao futuro, o diretor do Welcome Group é enigmático, mas promete trazer novidades em breve, tudo motivado no sonho. “A cada momento, estamos buscando mais, nos reinventando. Estamos lançando a Welcome Group, que terá empresas para cada segmento de mercado e tem bastante novidade que já estamos começando a fazer.”

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você