[ editar artigo]

COVID-19: você deve cancelar os planos de viagem?

COVID-19: você deve cancelar os planos de viagem?

Várias empresas  aéreas ao redor do mundo, como a American Airlines, Air France, Lufthansa, Azul, Gol e Latam estão suspendendo seus voos e vários países estão implementando restrições de viagem para conter a propagação da COVID-19. Toda essa instabilidade está levantando questões sobre o cancelamento de viagens internacionais e domésticas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a disseminação da COVID-19 como uma pandemia – enfermidade epidêmica amplamente disseminada. Mais de 173 mil casos e sete mil mortes foram relatadas em vários países.

 

O que fazer caso você tenha uma viagem marcada para as próximas semanas e opte por desistir?

As companhias aéreas estão flexibilizando remarcações sem cobrar multa; no entanto, existem regras específicas para cada empresa. Mesmo com esse posicionamento das companhias de viagens, é importante salientar que a alta demanda não está permitindo que elas atendam a todos de maneira eficaz. Por isso, os casos mais urgentes, como  voos nas próximas 72 horas, serão prioridade.

Mesmo assim, algumas pessoas ainda estão em dúvida se é melhor cancelar tudo ou se é exagero dos noticiários.

A orientação médica geral é evitar viajar tanto para países em que o coronavírus já está presente, como a China e a Itália, quanto para destinos onde o número de casos está começando a aumentar, como países da Europa e Estados Unidos.

Além disso, os especialistas frisam que a idade do viajante é um dos principais fatores que devem ser levados em conta. A COVID-19 apresenta riscos mais graves para a saúde de indivíduos mais velhos, imunocomprometidos e com condições médicas consideradas graves. Em idosos, a mortalidade é em torno de 15%. Ou seja, eles não devem viajar de jeito nenhum!

Protocolos de saúde da COVID- 19

No entanto, as empresas de viagem em geral estão seguindo alguns protocolos de saúde da COVID-19. Elas estão monitorando de perto o desenvolvimento global sobre o coronavírus e sendo proativas quando se trata de proteger a saúde dos hóspedes, tripulação e comunidades em que aterrissam.

Para cumprir as orientações do Centro de Controle de Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), da OMS, e de autoridades de saúde pública de todo o mundo, as companhias estão aprimorando as medidas globais de embarque e triagem para proteger os hóspedes e tripulantes. Essas medidas são intencionalmente cautelosas e se aplicam a qualquer pessoa que embarque.

Essas precauções de segurança temporárias devem permanecer em vigor por um período projetado de 30 dias e continuarão a ser revisadas diariamente. As atualizações também estão sendo divulgadas em sites e noticiários.

Por isso, é importante que todos adotem os protocolos de rastreamento de saúde. Exames obrigatórios de temperatura usando scanners digitais não sensíveis ao toque devem ser realizados em tripulantes e turistas no dia do embarque. Se a temperatura registrar cerca de 38°C, a pessoa e seus acompanhantes devem ser encaminhados para uma triagem de saúde secundária.

Qualquer pessoa em condição médica crônica grave, incluindo as especificadas pelo CDC deve ter seu embarque negado.

Independentemente da nacionalidade, o embarque também será negado a qualquer pessoa que viajou para a China Continental, Hong Kong, Macau, Europa, Irã ou Coreia do Sul. Essa medida também é válida para quem entrou em contato com um indivíduo diagnosticado com COVID-19. Segundo o CDC, estar a 2 metros de um indivíduo diagnosticado já é considerado "contato".

É importante lembrar que restrições adicionais podem ser impostas com base nas circunstâncias locais. Por exemplo, certos países podem negar vistos ou proibir a entrada com base no histórico ou na nacionalidade das viagens.

Por isso, é fundamental manter protocolos médicos rigorosos em vigor para auxiliar hóspedes e tripulantes. Tratamento médico profissional, isolamento de indivíduos indispostos e procedimentos intensificados de limpeza devem fazer parte da rotina de todos.

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você