[ editar artigo]

Capacitação para agentes e guias de turismo

Capacitação para agentes e guias de turismo

Parte da administração de uma agência de turismo não está relacionada aos números, mas com as pessoas envolvidas. Ter uma equipe engajada, que inspira os turistas é um dos principais fatores que fideliza os clientes. Para ser um agente ou guia de turismo de primeira linha, é necessário possuir algumas qualidades.

1. Forte habilidade de comunicação

Não há problema algum em ser alguém mais quietinho, mas se você tiver que se comunicar com novas pessoas diariamente, precisará fazer isso bem. Um guia de turismo deve ser ótimo em projetar sua voz em um grupo de maneira clara e de fácil entendimento. 

Quem lida com o público também deve ter uma personalidade cativante. Como você está lá para auxiliar os turistas, ser descolado vai ajudá-lo a se relacionar melhor com as pessoas, garantindo que eles se sintam à vontade para fazer comentários ou perguntas ao longo do caminho.

2. Muita pesquisa e boa memória

Os agentes e guias turísticos precisam estar por dentro das estatísticas, dos fatos e também devem ser ótimos contadores de histórias. Você não pode confundir os dados e nem passar informações equivocadas, certo? Por isso, é imprescindível estudar bem o destino que irá apresentar ao público. Lembre-se de contar a história como se fosse sua!

Claro que ter tudo na ponta da língua é ótimo, mas quem tem jogo de cintura para contornar algumas situações e despertar a energia do grupo também se sobressai. Portanto, saber improvisar é uma habilidade a ser desenvolvida.

Embora não seja um requisito, guias locais são uma boa opção, pois  além de conhecerem bem o destino, eles podem trazer seu próprio conhecimento, experiência e histórias pessoais para o passeio. Isso pode fazer com que o trajeto seja especialmente especial para os clientes que procuram uma experiência genuína fora das atrações turísticas típicas.

3. Responsabilidade

Uma das características fundamentais que um guia turístico deve ter é a pontualidade. Se o profissional não chega a tempo no local marcado, pode gerar frustração, confusão e turistas insatisfeitos.

Agora que você sabe algumas características que o profissional do turismo precisa ter, é necessário entender a parte técnica. Me acompanhe!

MTur e a capacitação de servidores municipais

Resultado de imagem para caqpacitação em turismo

Ano passado, o Ministério do Turismo (MTur) iniciou em Porto Alegre, o processo de capacitação dos servidores públicos municipais para atuarem como agentes fiscais de turismo - responsáveis por conscientizar os prestadores de serviços turísticos sobre a importância de se formalizarem no Sistema de Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

Essa qualificação é uma etapa do projeto que visa descentralizar as ações de cadastramento e fiscalização, atualmente executadas pelo MTur.

O curso tem a finalidade de discutir a legislação turística, especificações do Cadastur, os procedimentos pertinentes ao processo administrativo e as estratégias que os fiscais devem adotar para se tornarem agentes de transformação positiva.

Vale lembrar que a participação no Cadastur é obrigatória para agências de turismo, meios de hospedagem, parques temáticos, transportadoras turísticas, organizadores de eventos e guias turísticos. A iniciativa tem o objetivo de promover a formalização, organização e legalização destes prestadores. Além de garantir diversas vantagens e oportunidades de negócio, o órgão também é uma importante fonte de consulta para o turista, com mais de 90 mil prestadores de serviços.

Instituto Municipal de Turismo: Capacitação em atendimento de excelência ao turista

Formação, Educação, Treinamento, Aprenda, Profissão

O Curitiba Turismo é um programa da Prefeitura Municipal de Curitiba de capacitação e qualificação para o bom atendimento ao turista. Os cursos presenciais oferecidos abordam temas como atendimento de excelência, postura profissional e qualidade em serviços. A pluralidade cultura e a ligação do turismo com geração de trabalho e renda também fazem parte da programação.

A capacitação é ideal para todos os setores que trabalham direta ou indiretamente com o turismo, como meios de transporte e hospedagem, segurança e saúde, eventos, entre outros.

Reinvenção dos agentes de viagens e sua importância no setor de turismo

Resultado de imagem para reinventar

Devido aos avanços dos meios digitais e das facilidades que essa tecnologia trouxe aos turistas, o agente de viagens teve que se reinventar e, a cada ano, se firma como um profissional cada vez mais importante para o mercado de turismo.

Hoje, o agente de viagens possui múltiplas funções, funcionando como um “assessor de viagens”, uma vez que auxilia o cliente a encontrar melhores opções de hospedagem, voos, câmbio e serviços diferenciados.

Como o trabalho deste profissional é muito dinâmico, é importante possuir conhecimento técnico do setor, como as formas de negociar pacotes de viagens, moedas, línguas, transporte, clima etc. 

Além disso, é fundamental que o agente de viagens tenha boa comunicação, poder de negociação, proatividade, técnicas de venda e capacidade de realizar múltiplas tarefas.

Com a expansão do setor e a necessidade de profissionais cada vez mais qualificados, o número de cursos de capacitação aumentou. Porém, é importante verificar a seriedade da instituição, a certificação e a aceitabilidade do mercado.

E você o que acha do assunto? Deixe seu comentário!

Agente de Valor
Ler conteúdo completo
Indicados para você