[ editar artigo]

Bariloche recebe cerca de 60 mil brasileiros em julho

Bariloche, na Argentina, deu as boas-vindas a cerca de 60 mil brasileiros em julho, revelou a Emprotur. Esse período do ano é marcado pela alta presença de neve no pico do inverno no destino. O aumento de brasileiros ficou na casa de 42% em relação ao mesmo período de 2018.

Esse resultado se dá, principalmente, pelo incremento de malha aérea. Com voos de Azul, Gol e Latam, a cidade argentina recebeu 20 mil turistas brasileiros somente em voos diretos.

Nesse mês em questão, Bariloche recebeu 240 mil visitantes, resultado 20% acima do registrado no mesmo mês do ano passado. A rota Buenos Aires-Bariloche foi a mais movimentada.

Para Gastón Burlon, secretário de turismo da cidade, a temporada foi bem-sucedida em vários aspectos. “O número de chegadas, o registro de voo e o número de cidades que os voos foram conectados foi muito positivo. Este ano tivemos mais cidades na Argentina e no Brasil com voos diretos para Bariloche”, afirma.

Leia também:
Sarampo em alta: tome a vacina antes de viajar

Bariloche como um todo

Como resultado, a ocupação hoteleira foi de 95% durante as duas semanas de maior quantidade de hóspedes, com média geral de 83% para o mês. Por sua vez, o acumulado de neve permitiu o pleno funcionamento dos diferentes centros de atividades na montanha.

O número de estadas foi de 1.130 milhão, enquanto que em julho de 2018 foi de 971.583. Já no mesmo Bariloche abriu as portas para 213.500 turistas, ou seja, 20% a mais comparado aos 177.772 mil do ano anterior.

A desvalorização do peso argentino em relação ao real é um combustível para o aumento da ida a brasileiros ao destino nos próximos meses.  Portanto, a comitiva de Bariloche estará presente na Abav Expo, de 25 a 27 de setembro, em São Paulo, para divulgar os produtos de Natal, verão e aventura e Páscoa.

 

 

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você