Agente de Valor
Agente de Valor
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Arquipélago de San Blas

Arquipélago de San Blas
Nathália Glaser
mar. 28 - 4 min de leitura
010

No início de março, tive a oportunidade de participar de uma excursão para San Blas, um arquipélago composto por 360 ilhas, situado na deslumbrante costa caribenha do Panamá. Seu território é habitado pelo povo indígena Guna Yala, que mantém uma forte identidade cultural dentro do país. Eles possuem total controle sobre a entrada de visitantes na região e possuem suas próprias leis dentro do território - isso por que no passado, não se renderam à coroa espanhola. O que faz com que eles tenham total autonomia sobre o território.

Os Gunas falam espanhol e se comunicam bem, proporcionando uma recepção calorosa aos turistas. São eles que nos acompanham durante o passeio e nos explicam a história das ilhas. 

Para realizar o passeio devemos estar na recepção do hotel pontualmente às 5h da manhã, onde seremos conduzidos por um carro 4x4 até o porto Carti, onde iremos embarcar.  O trajeto até as ilhas é relativamente demorado, portanto, é recomendado levar alimentos e água. A estrada é bastante sinuosa, fica entre montanhas e grande parte dela é em chão de terra. Durante o percurso, o motorista realiza uma parada em um posto de gasolina, onde os passageiros podem comer / beber algo ou ir ao banheiro. No caminho, podemos ver bastante obras acontecendo, pois estão em processo de asfaltamento da estrada. Próximo ao território, passamos por uma fiscalização, onde todos os passageiros devem apresentar seus passaportes. Ao chegar no porto, notamos que sua estrutura é bem simples. Nesse momento, os Gunas questionam qual será a opção de almoço da preferência dos turistas (podemos escolher entre peixe ou frango acompanhando batata frita, purê de batata ou arroz com coco). Em seguida, eles organizam os grupos para partir em direção às ilhas, através das embarcações. 

O percurso até a primeira ilha levou cerca de 40 minutos até a incrível NuNug Dub. Com redes na beira do mar, quadra de vôlei de areia, bar e até lojinha de artesanato, essa ilha tem uma paisagem deslumbrante e uma atmosfera incrível. Apesar da ilha não ser grande, você pode explorá-la por conta própria. Ficamos aproximadamente 1h30 min nessa ilha para então seguirmos para a próxima parada. Em aproximadamente 10 minutos navegando, paramos nas piscinas naturais, onde é possível avistar peixes e estrelas do mar. Nessa área, podemos apreciar a natureza por aproximadamente 20 minutos, onde é possível ver o lindo tom de azul degrade do mar.

Em seguida, somos levados até a Isla Perro Chico, onde é servido o almoço. O restaurante é simples, mas a comida é bem saborosa e muito bem servida. Após o almoço, temos mais 1h20 para explorar essa linda ilha. Além de ser maior, se destacar pelos tons de azul e seus enormes coqueiros, essa ilha tem um pequeno barco naufragado, onde podemos observar os corais que se formaram ao redor. Após curtir o tempo livre, encontramos com o grupo no pier para dar sequência na parte mais triste do tour: dar tchau para este paraíso. 




De volta ao porto, vamos ao encontro do motorista para retornar à Cidade do Panamá. Assim como na ida, fizemos uma parada no posto de gasolina de aproximadamente 30 minutos.

É importante ressaltar que a infraestrutura das ilhas é básica, portanto, aos que têm interesse em conhecer esse paraíso, é importante portar dinheiro em espécie caso for consumir algo a mais. Além disso, só é permitido ingressar no território mediante a apresentação do passaporte, portanto, é imprescindível que o passageiro esteja com o seu passaporte original em mãos. 


Considerações: O melhor período para visitar as ilhas é entre dezembro e abril, que é a época de seca. O acesso às ilhas não é simples, mas apesar disso, é um passeio incrível que vale a pena a experiência. A excursão é tranquila e organizada, os barcos se revezam pelas ilhas, o que faz com que os passageiros conheçam pelo menos 2 ilhas no passeio, dessa forma, elas não ficam carregadas de turistas. O clima é perfeito para relaxar, apreciar a vista, nadar e tirar fotos. A experiência de explorar esse paraíso natural foi verdadeiramente memorável e enriquecedora. 



Denunciar publicação
    010

    Indicados para você