[ editar artigo]

Aeroporto de Miami cresce 3% em passageiros no primeiro semestre

O Aeroporto Internacional de Miami (MIA) registrou um aumento de 3% de passageiros no primeiro semestre de 2019.

Entre janeiro e junho, o terminal recebeu 23,4 milhões de viajantes, contando com 688 mil pessoas a mais. Portanto, o acumulado do ano registra resultados positivos nos tráfegos internacional e doméstico.

O número de transporte de passageiros estrangeiros ficou em 11,4 milhões, e 516 mil (+4,7%) turistas de outros países a mais do que em 2018.  Já o tráfego doméstico subiu 1,4%, com cerca de 12 milhões de passageiros.

Para o prefeito de Miami, Carlos A. Gimenez, o aumento de viagens no Aeroporto de Miami, representa um crescimento na receita e geração de emprego.  "Depois de mais um ano recorde em 2018, é encorajador ver o nosso portal global subir a novas alturas no tráfego de passageiros", destacou.

Leia também:
Por que Miami é inclusiva com turistas estrangeiros em tempos sombrios

Em resumo, as novas linhas aéreas internacionais contribuíram para a movimentação de passageiros. No mês de junho, a American Airlines passou a operar os voos para Córdoba (Argentina), da American Airlines.

Além do que, quatro empresas internacionais inauguraram serviços para a cidade norte-americana. Por exemplo, o serviço diário sem escala da Norwegian para Aeroporto de Londres (Gatwick). A companhia aérea marroquina Royal Air Maroc estreou a operação a partir de Casablanca em março.

A Polish Airlines também inaugurou seu voo no primeiro semestre, com uma rota ligando Miami à capital da Polônia, Varsóvia. Por fim, a francesa Corsair iniciou voos semanais para o aeroporto de Paris Orly.

Agente de Valor
Ler matéria completa
Indicados para você